“O que está morto não pode morrer, mas volta a erguer-se, mais duro e mais forte.”

 “O que está morto não pode morrer, mas volta a erguer-se, mais duro e mais forte.”

2 notas

"O difícil não é simplesmente ganhar dinheiro, difícil é ganhá-lo fazendo algo que valha a pena dedicar a vida." Záfon

"O difícil não é simplesmente ganhar dinheiro, difícil é ganhá-lo fazendo algo que valha a pena dedicar a vida." Záfon

Este é o primeiro livro da série “A TORRE NEGRA”…
Stephen King mescla diversos mundo e diversos estilos de literatura nesta que é uma das melhores séries que já li…. Em uma mistura de Tolkien e Velho Oeste ele cria uma das obras mais interessantes e cativantes que já se viu.
Desde o começo do primeiro livro “O PISTOLEIRO” fica uma dúvida no ar, o que é a torre negra? Quem é o homem de preto? Algumas dúvidas são solucionadas outras não, e é isto que deixa o livro tão interessante.
Mas, focando em “O PISTOLEIRO”, Roland, o protagonista, é um pistoleiro (são como que super-heróis do velho oeste, eles atiram extremamente bem) de uma antiga linhagem e sendo o último desta tenta encontrar a Torre Negra.
Esta obsessão pela Torre Negra é o tema central do livro. Neste primeiro livro Roland passa por diversos desafios para encontrar o Homem de Preto e descobrir como chegar a Torre Negra. Ele mata muita gente pra isso, fuma erva do diabo, sacrifica um garoto para chegar até o homem de preto e seu destino é lido em cartas de tarô. 
Resumindo este é um livro muito confuso, do começo ao fim, terminei este primeiro livro imaginando que não tinha entendido muita coisa. No segundo percebi que tinha entendido sim. Acho que esta era a intenção, causar uma sensação de confusão. 
Notas:
Tema: 10
Desenvolvimento: 9
Protagonista: 9
Personagens: 8
Final: 10

Este é o primeiro livro da série “A TORRE NEGRA”…

Stephen King mescla diversos mundo e diversos estilos de literatura nesta que é uma das melhores séries que já li…. Em uma mistura de Tolkien e Velho Oeste ele cria uma das obras mais interessantes e cativantes que já se viu.

Desde o começo do primeiro livro “O PISTOLEIRO” fica uma dúvida no ar, o que é a torre negra? Quem é o homem de preto? Algumas dúvidas são solucionadas outras não, e é isto que deixa o livro tão interessante.

Mas, focando em “O PISTOLEIRO”, Roland, o protagonista, é um pistoleiro (são como que super-heróis do velho oeste, eles atiram extremamente bem) de uma antiga linhagem e sendo o último desta tenta encontrar a Torre Negra.

Esta obsessão pela Torre Negra é o tema central do livro. Neste primeiro livro Roland passa por diversos desafios para encontrar o Homem de Preto e descobrir como chegar a Torre Negra. Ele mata muita gente pra isso, fuma erva do diabo, sacrifica um garoto para chegar até o homem de preto e seu destino é lido em cartas de tarô. 

Resumindo este é um livro muito confuso, do começo ao fim, terminei este primeiro livro imaginando que não tinha entendido muita coisa. No segundo percebi que tinha entendido sim. Acho que esta era a intenção, causar uma sensação de confusão. 

Notas:

  • Tema: 10
  • Desenvolvimento: 9
  • Protagonista: 9
  • Personagens: 8
  • Final: 10

4 notas